4 Coisas que você precisa saber sobre a Ovulação

A ovulação é o processo pelo qual o gameta feminino é liberado pelo ovário e pode se juntar ao espermatozoide para gerar uma gravidez.

ScreenShot316

1.Sem ovulação, não há gestação

É necessário que o ciclo ovariano ocorra de forma sincronizada e seja capaz de promover a ovulação para que a mulher engravide. Em muitas situações como na Síndrome dos Ovários Policísticos, hipotireoidismo, infecções sistêmicas e obesidade, a mulher tem disfunção menstrual com alteração na duração dos ciclos. Estes são muito provavelmente anovulatórios e as chances de gestação são bastante reduzidas.

É importante que a mulher faça uso de medicamentos para a regularização dos ciclos, ou seja, fazer com que eles sejam ovulatórios, antes de iniciar as tentativas de engravidar. Estes medicamentos geralmente são anticoncepcionais orais com 21 comprimidos e pausa de 7. Desta forma um ciclo de 28 dias é simulado e os ovários podem retornar a um ritmo que permita liberação de óvulos e gestação, após a pausa do anticoncepcional.

2. Muco cervical indica ovulação

O muco cervical é produzido pelo aumento de progesterona. Este ocorre quando há ovulação e é formada uma estrutura chamada corpo lúteo, que é responsável pela produção de progesterona até 12 semanas de gestação.

A produção hormonal que ocorre causa aumento das glândulas mucosas do endométrio. É a chamada fase secretória, que deixa o útero preparado para uma gestação. Portanto a produção do muco cervical indica que a mulher está em plenas condições de engravidar.

3. Há aumento da temperatura corporal com a ovulação

A progesterona produzida pelo corpo lúteo após a ovulação é responsável pelo aumento da temperatura corporal no período fértil. Ocorre aumento estimado em 0,8ºC neste período.

As medidas devem ser realizadas pela manhã, antes de qualquer atividade, durante alguns ciclos para que a mulher reconheça as alterações da temperatura do seu corpo no período ovulatório. 

4. Ciclos ovulatórios não garantem gestação

Casais saudáveis que mantenham pelo menos 3 relações sexuais por semana, durante 1 ano, apresentam uma taxa de gestação estimada em 30%. Isto quer dizer que a cada 100 mulheres que tentarem engravidar durante 1 ano, somente 30 conseguirão, na ausência de qualquer doença que prejudique a fertilidade.

Por isso o início da investigação de infertilidade deve ser iniciado somente após 1 ano de tentativas sem sucesso. Exceção é feita às mulheres que se encontram acima de 30 ou 35 anos, em que os exames devem ser iniciados após 6 meses, por causa da maior quantidade de fatores de infertilidade nesta população feminina.

ScreenShot317

Fontes:

Manual de orientação à anticoncepcção. FEBRASGO. 2010

Captura de Tela 2016-05-06 às 22.31.01

Liberei uma amostra do meu livro digital: “Tenho Síndrome dos Ovários Policísticos: E Agora?” Acesse o link abaixo e confira!
http://www.dremersonbatista.com/#!home/ipmp6

Screen Shot 03-27-16 at 08.29 PM

Caso você goste do conteúdo e queira saber como ter acesso ao conteúdo completo acesse:

http://www.dremersonbatista.com

CONHEÇA MEU PERFIL NO GOOGLE PLUS

https://plus.google.com/u/0/107467915066257179224/posts

6 comentários sobre “4 Coisas que você precisa saber sobre a Ovulação

  1. Pingback: Como usar a pílula do dia seguinte? | Gravidez e Saúde da Mulher

  2. Pingback: 7 Situações em que a Gestação é Possível | Gravidez e Saúde da Mulher

  3. Pingback: Anticoncepcionais Hormonais Orais Combinados | Gravidez e Saúde da Mulher

  4. Pingback: Anticoncepcionais Orais em Uso Sem Pausas : Há Riscos? | Gravidez e Saúde da Mulher

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s