Indução de Ovulação

Uso de medicamentos para aumentar a chance de ovulação em mulheres com dificuldade para engravidar devido a alterações hormonais ovarianas. Deve ser associada a medidas comportamentais como perda de peso e relação sexual programada.

Inducao-de-Ovulacao-para-FIV-Gonadotrofinas

Quem deve realizar indução?

É bastante útil nas mulheres que possuem ciclos menstruais irregulares e/ou anovulatórios como aquelas com Síndrome dos Ovários Policísticos. A indução é realizada com substâncias que causam aumento do estímulo ovariano para a ovulação. 

É importante que os demais causadores de infertilidade sejam pesquisados antes da indução. Desta forma, evita-se a frustração da paciente pela ausência de gestação mesmo após a indução.

ScreenShot027

Acompanhamento médico:

Após a indução a ovulação deve ser acompanhada por ultrassonografia. Com a maturação de 3 folículos o estímulo é suspenso para evitar efeitos colaterais.

A gravidez é considerada de baixo risco inicialmente. Somente o surgimento de alterações como a gestação de gêmeos, ou mesmo a idade materna, poderão classificar a gestação como de alto risco. Neste caso o acompanhamento é diferenciado pelo maior risco de doenças do ciclo gravídico-puerperal.

Medidas comportamentais:

Perda de peso – importante como auxiliar da correção do fator ovulatório. A mulher deve ter IMC entre 19 e 27 para que seja feita a indução. Quando associada a perda de peso em mulheres com obesidade ou sobrepeso, a indução apresenta resultados substancialmente melhores.

Coito programado – após a ovulação, a mulher deve manter relações sexuais frequentes. Mínimo de 3 relações por semana para que seja possível a fertilização dos óvulos liberados.

ScreenShot210

Complicações:

Síndrome de Hiperestimulação Ovariana – complicação rara e grave da indução da ovulação. A mulher desenvolve inchaço, distensão abdominal, náuseas e falta de ar. Nos casos mais intensos é necessária a internação. Daí a importância de acompanhar os folículos liberados para evitar estímulo excessivo.

Gestação múltipla – como ocorre a liberação de mais de um óvulo a gestação múltipla tem ocorrência maior nestas mulheres. Importante lembrar que é uma gravidez especial com necessidade de maior cuidado pelo risco de complicações.

ScreenShot211

Fonte:

SOBRAL, Daniela. Indução da Ovulação. 2009

Captura de Tela 2016-05-06 às 22.31.01

Liberei uma amostra do meu livro digital: “Tenho Síndrome dos Ovários Policísticos: E Agora?” Acesse o link abaixo e confira!
http://www.dremersonbatista.com/#!home/ipmp6

Screen Shot 03-27-16 at 08.29 PM

Caso você goste do conteúdo e queira saber como ter acesso ao conteúdo completo acesse:

http://www.dremersonbatista.com

CONHEÇA MEU PERFIL NO GOOGLE PLUS

https://plus.google.com/u/0/107467915066257179224/posts

Um comentário sobre “Indução de Ovulação

  1. Pingback: Histerossalpingografia: Por que é tão importante? | Gravidez e Saúde da Mulher

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s