Ultrassonografia com Doppler: Fluxo Sanguíneo Fetal

A ultrassonografia é o método de imagem mais utilizada em obstetrícia. Com o uso do Doppler é possível avaliar as variações de fluxo fetal para predizer o sofrimento por doenças maternas e placentárias. Tem importância fundamental nas gestações de alto risco.

Ultrassom-com-Doppler-Colorido

A ultrassonografia é um método não-invasivo, de baixo custo, acessível e de amplo uso na obstetrícia. O Doppler ultrassonográfico amplia essas possibilidades pelo fato de avaliar a circulação materno-fetal. São avaliadas:

  • Circulação materna – artérias uterinas
  • Circulação Feto-placentária – artérias umbilicais
  • Circulação fetal – artéria cerebral média, aorta abdominal, re­nais, ducto venoso, seio transverso.

ScreenShot204

Através da avaliação do fluxo sanguíneo nestes vasos é possível determinar a presença de insuficiência placentária e aporte inadequado de sangue para o feto. Nestes casos é maior o risco de sofrimento fetal e restrição de crescimento.

Quando ocorre redução do sangue que chega ao feto é iniciado o processo chamado centralização. Ocorre desvio de sangue para as áreas nobres do organismo fetal que são coração, cérebro e glândulas suprarrenais. É um indicativo de que está ocorrendo sofrimento por redução da oxigenação dos seus tecidos.

ScreenShot029

Quem deve fazer ultrassonografia com Doppler?

Tem utilidade especial nas gestações de alto risco:

  • Doença hipertensiva;
  • Diabetes Mellitus;
  • Diabetes Gestacional;
  • Trombofilias;
  • Doenças cardíacas;
  • Doenças pulmonares graves;
  • Lúpus Eritematoso Sistêmico.

Não é indicado de rotina em gestações de baixo risco. Nestas gestantes, as pesquisas não demonstraram melhora das condições fetais.

ScreenShot205

Fontes:

FRANCISCO, Rossana P; ZUGAIB, Marcelo. Análise Crítica da Dopplervelocimetria para avaliação da vitalidade fetal. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. 2008. Ed 30. Nº 4.

Captura de Tela 2016-05-06 às 22.31.01

Liberei uma amostra do meu livro digital: “Tenho Síndrome dos Ovários Policísticos: E Agora?” Acesse o link abaixo e confira!
http://www.dremersonbatista.com/#!home/ipmp6

Screen Shot 03-27-16 at 08.29 PM

Caso você goste do conteúdo e queira saber como ter acesso ao conteúdo completo acesse:

http://www.dremersonbatista.com

CONHEÇA MEU PERFIL NO GOOGLE PLUS

https://plus.google.com/u/0/107467915066257179224/posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s