Infecção Urinária na Gestação

Extremamente comum na gestação está associada a maior gravidade que em mulheres não gestantes. Deve ser feito rastreio para tratar ainda na fase de bacteriúria assintomática, antes que haja sintomas da contaminação.

Mulher-grávida

Porque é tão comum na gestação?

  • A gravidez causa aumento do fluxo urinário por aumento do volume sanguíneo total.
  • Ocorre maior perda de glicose na urina, com mais nutrientes para o desenvolvimento de bactérias.
  • A progesterona causa relaxamento da musculatura lisa com menor esvaziamento da bexiga.
  • A progesterona aumenta o refluxo urinário da bexiga aos rins, com carreamento ascendente de bactérias.

Cistite, infecção restrita à bexiga:

Dor ao urinar(disúria), vontade de urinar várias vezes seguidas(polaciúria), dor em região do baixo ventre e sangramento urinário. Aumento da frequência urinária durante a noite(nictúria) também é bastante relatado pelas gestantes.

Tratamento da cistite:

Deve ser feito por 7 a 10 dias pelo maior risco de complicações na gestação com antibióticos. Estes são selecionados entre os microorganismos mais comuns e dentre aqueles que não causem nenhum dano fetal. É importante que a gestante aumente a ingesta de água durante o tratamento.

O que é pielonefrite?

pielonefrite

É a complicação da infecção urinária baixa(cistite) que atinge os rins. Ocorre com o surgimento de febre, calafrios, dor de cabeça, náuseas e vômitos. Dor na região lombar, na localização anatômica do rim.

Tratamento da pielonefrite:

O tratamento é realizado com a paciente internada, medicações intravenosas e analgesia. São solicitados exames para acompanhar a vitalidade fetal e a função renal da gestante.

Complicações da infecção urinária na gestação:

Rotura prematura de membranas ovulares, trabalho de parto prematuro, corioamnionite, febre pós-parto, sepse materna e infecção neonatal.

ScreenShot194

Fontes:

Ministério da saúde do Brasil. Gestação de Alto Risco. Manual Técnico. 5ª Edição. Brasília-DF. 2012.

Captura de Tela 2016-05-06 às 22.31.01

Liberei uma amostra do meu livro digital: “Tenho Síndrome dos Ovários Policísticos: E Agora?” Acesse o link abaixo e confira!
http://www.dremersonbatista.com/#!home/ipmp6

Screen Shot 03-27-16 at 08.29 PM

Caso você goste do conteúdo e queira saber como ter acesso ao conteúdo completo acesse:

http://www.dremersonbatista.com

CONHEÇA MEU PERFIL NO GOOGLE PLUS

https://plus.google.com/u/0/107467915066257179224/posts

Um comentário sobre “Infecção Urinária na Gestação

  1. Pingback: Bacteriúria Assintomática: Por que tratar? | Gravidez e Saúde da Mulher

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s