Síndrome dos Ovários Policísticos: Manifestações Clínicas

Distúrbio bastante comum em mulheres em idade reprodutiva. O diagnóstico é baseado em presença de hiperandrogenismo clínico ou laboratorial, irregularidade menstrual e micropolicistos ovarianos à ultrassonografia.

SOP e imagem em colar de pérolas

A presença de 02 critérios diagnósticos permite a confirmação da síndrome. Perceba que a presença de ovários policísticos à ultrassonografia não ocorre em todas as pacientes.

O aumento de hormônios androgênicos faz com que a mulher desenvolva padrão de pelos masculino. Este é chamado hirsutismo. Pode ocorrer alopecia(perda de cabelos na região da fronte) com padrão de calvície masculina. Além disso é maior a presença de oleosidade da pele e acne.

ScreenShot092

Este aumento de andrógenos também é responsável pelas alterações de ovulação e irregularidade menstrual. A proporção de hormônios masculinos não permite a maturação adequada dos óvulos e estes ficam retidos no ovário, dando o aspecto de policistos retidos. São a representação de anovulação de causa hormonal.

A ausência de ovulação impede que a paciente engravide. É necessária intervenção médica com uso de contraceptivos hormonais de modo a regular os ciclos e torná-los ovulatórios.

Ocorre resistência a insulina nos tecidos periféricos semelhante ao que ocorre no Diabetes tipo 2. Um ambiente hiperglicêmico no ovário causa maior dificuldade ovulatória. Desta forma, explica-se porque a perda de peso tem impacto na melhora da ovulação mesmo em pacientes sem SOP.

A persistência deste estado de resistência a insulina favorece o desenvolvimento de obesidade, doenças cardiovasculares e síndrome metabólica. É essencial que a Síndrome dos Ovários Policísticos seja entendida como uma disfunção hormonal que necessita de mudanças de estilo de vida e combate a fatores de risco cardiovasculares.

ScreenShot176

Fontes:

SPRITZER, Poli Mara.Polycystic ovary syndrome: reviewing diagnosis and management of metabolic disturbances. Arq Bras Endocrinol Metab [online]. 2014, vol.58, n.2, pp. 182-187. ISSN 0004-2730.  http://dx.doi.org/10.1590/0004-2730000003051.

Captura de Tela 2016-05-06 às 22.31.01

Liberei uma amostra do meu livro digital: “Tenho Síndrome dos Ovários Policísticos: E Agora?” Acesse o link abaixo e confira!
http://www.dremersonbatista.com/#!home/ipmp6

Screen Shot 03-27-16 at 08.29 PM

Caso você goste do conteúdo e queira saber como ter acesso ao conteúdo completo acesse:

http://www.dremersonbatista.com

CONHEÇA MEU PERFIL NO GOOGLE PLUS

https://plus.google.com/u/0/107467915066257179224/posts

6 comentários sobre “Síndrome dos Ovários Policísticos: Manifestações Clínicas

  1. Qeria saber se existe algum remedio caseiro ou medicamentos que cure SOP , eu tenho só q minha endocrinologista nao passou nenhum remédio pra mim tomar .

    Curtir

  2. Bom dia Dr. Emerson! Eu tenho ovários policístico mais não tenho sintomas nenhum, já fiz todos os exames e não deu nenhuma alteração, faz 7 meses que tento engravidar devo mim preocupar com meu ovários policístico?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s