Pré-eclampsia: Muito além da hipertensão

10% das mulheres na primeira gestação apresentam pré-eclampsia. É a principal causa de morte obstétrica tanto para a mãe como para o feto, segundo o Ministério da Saúde do Brasil. Ocorre por defeitos na formação da ligação úteroplacentária e tende a recorrer nas próximas gestações.

10313983_758560250843568_5405135086912552699_n

 

Fisiopatologia: Alteração vascular sistêmica

Alteração na implantação placentária e formação inadequada da rede vascular de fluxo através do útero materno. Não são formadas as artérias de alto fluxo, essenciais para a nutrição adequada do feto.

A oferta reduzida de oxigênio forma um ambiente de hipóxia crônica, com liberação de radicais livres para a circulação materna. Estes causam dano vascular em todo o corpo, com vasoespasmo (contração da parede dos vasos) e aumento da pressão arterial.

Há desequilíbrio entre substâncias vasoativas: redução das vasodilatadoras (como o óxido nítrico) e aumento das vasoconstrictoras (prostaciclinas).

ScreenShot015

Repercussões maternas:

O dano dos vasos renais causa a perda de proteínas, característica da pré-eclampsia. Além disso, ocorre extravasamento de líquido e edema (inchaço).

A contração sistêmica dos vasos causa aumento de pressão arterial. Este pode ser bastante importante e chegar a causar danos cerebrais como convulsões (eclampsia) e hemorragias cerebrais. Desta forma são a primeira causa de morte obstétrica no Brasil.

Também podem ser atingidos: olhos, fígado, coagulação sanguínea e eletrólitos.

Repercussões fetais:

O feto sofre séria restrição de fluxo sanguíneo. Tem risco de óbito e quando sobrevive, geralmente ocorre Restrição de Crescimento Intrauterino(CIUR). Quanto mais precoce a instalação da pré-eclampsia, pior o prognóstico para o feto.

Como não ocorre placentação adequada, a mesma está mais sujeita a Descolamento Prematuro(DPP). Ocorre sangramento grave com grande mortalidade fetal.

ScreenShot016

Fonte:

MONTENEGRO, C.A.B; REZENDE FILHO, J. Rezende: obstetrícia fundamental. 12.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.

Captura de Tela 2016-05-06 às 22.31.01

Liberei uma amostra do meu livro digital: “Tenho Síndrome dos Ovários Policísticos: E Agora?” Acesse o link abaixo e confira!
http://www.dremersonbatista.com/#!home/ipmp6

Screen Shot 03-27-16 at 08.29 PM

Caso você goste do conteúdo e queira saber como ter acesso ao conteúdo completo acesse:

http://www.dremersonbatista.com

CONHEÇA MEU PERFIL NO GOOGLE PLUS

https://plus.google.com/u/0/107467915066257179224/posts

Um comentário sobre “Pré-eclampsia: Muito além da hipertensão

  1. Pingback: Gestação em Mulheres com Sobrepeso e Obesidade | Gravidez e Saúde da Mulher

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s