Tontura e desmaios na gestação

São queixas comuns entre as gestantes as tonturas e as lipotímias (sensação de perda de consciência sem desmaio completo). Novamente entram em cena as alterações do período gestacional que causam modificações capazes de se traduzir em sintomas. ScreenShot011 Por que a gestante sente tontura?

dilatação dos vasos sanguíneos causada pela gestação associada a aumento da pressão uterina sobre a veia cava e redução do retorno venoso e pode causar hipofluxo cerebral e desmaio, principalmente após a gestante passar muito tempo em ortostase (em pé).

Além disso a gestante tem o consumo de glicose aumentado, pela passagem transplacentária que alimenta o feto em desenvolvimento. A gestante deve então se alimentar a cada 3 horas. Quando o jejum é um pouco mais prolongado a paciente sofre hipoglicemia e pode chegar a desmaiar.

ScreenShot021

A associação destes fatores aumenta o risco de tontura e desmaios nas gestantes. Não indicam que haja alguma doença. Fazem parte do conjunto de adaptações do organismo materno para garantir o desenvolvimento da gravidez. Devido aos motivos acima citados, as gestantes tem direito a assentos preferenciais e devem tomar a frente em filas de estabelecimentos comerciais. ScreenShot012 Qual o período em que a gestante sente mais tontura? Durante o segundo trimestre ocorre redução da pressão arterial por transformação dos vasos placentários(segunda onda de invasão sinciciotrofoblástica). Este período é caracterizado por maior risco de tontura e desmaio, principalmente em mulheres que possuem baixos níveis pressóricos previamente à gestação. Com relação à hipoglicemia, o período de maior crescimento fetal é entre 26 e 32 semanas de idade gestacional, ou seja, é neste período em que ela tem mais chance de ocorrer. Terapêutica:

  • Evitar ambientes quentes e mal ventilados, bem como roupas muito apertadas e longos períodos em ortostase(em pé);
  • Evitar mudanças bruscas de posição, como levantar rapidamente da cama, por menor capacidade de adaptação rápida do fluxo sanguíneo cerebral.
  • Dieta deve ser mantida em intervalos de 3 horas;
  • Sentar com a cabeça baixa, entre as pernas, aos primeiros sinais de tontura;
  • Uso de meias elásticas pode auxiliar no retorno venoso.

ScreenShot010 Fontes: MONTENEGRO, C.A.B; REZENDE FILHO, J. Rezende: obstetrícia fundamental. 12.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011. p. 163-167.

Captura de Tela 2016-05-06 às 22.31.01

Liberei uma amostra do meu livro digital: “Tenho Síndrome dos Ovários Policísticos: E Agora?” Acesse o link abaixo e confira!
http://www.dremersonbatista.com/#!home/ipmp6

Screen Shot 03-27-16 at 08.29 PM

Caso você goste do conteúdo e queira saber como ter acesso ao conteúdo completo acesse:

http://www.dremersonbatista.com

CONHEÇA MEU PERFIL NO GOOGLE PLUS

https://plus.google.com/u/0/107467915066257179224/posts

Um comentário sobre “Tontura e desmaios na gestação

  1. Pingback: Por que a gestação aumenta o risco de tromboses? | Gravidez e Saúde da Mulher

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s