O que é endometriose?

A endometriose está presente em 50% das mulheres que apresentam dor pélvica incapacitante e infertilidade, sendo a primeira causa desta última. Causa prejuízos diários à mulher por causar sintomatologia incapacitante além de complicações relacionadas a órgãos abdominais e pélvicos.

ScreenShot016

O que é endometriose?

É definida como a presença de glândulas e estroma endometriais fora da cavidade uterina, tendo sido descrita inicialmente por Sampsom em 1927 (Sampson, 1927a). A presença de tecido funcional que responde aos estímulos hormonais do ciclo menstrual e causa reação inflamatória em tecidos extrauterinos.

De forma semelhante ao que ocorre no útero, o tecido que se encontra fora deste se prolifera e após descama, como ocorre na menstruação. O problema é que este sangramento não tem por onde sair. Então permanece na pelve da mulher e causa reação inflamatória nos órgãos próximos. Por isso a dor é tão intensa.

Como a endometriose é formada?

A causa ainda não é totalmente compreendida. Acredita-se que haja associação entre:

  • Fluxo menstrual retrógrado, com depósito de tecido endometrial na cavidade pélvica.
  • Falha do sistema imunológico em eliminar estes focos.
  • Migração de células endometriais pelos vasos linfáticos.
  • Transformação de tecidos remanescentes do período embrionário.

Qual o impacto da endometriose na saúde feminina?

Acomete cerca de 10% das mulheres, nas estatísticas mais recentes. Geralmente acomete mulheres entre 30 a 45 anos, que sofrem com dismenorreia de forte intensidade, dor pélvica crônica, infertilidade.

Corresponde ao primeiro fator presente em mulheres com infertilidade. Acredita-se que seja a causa de 50% das mulheres que apresentam dor pélvica crônica associada a dificuldade de engravidar.

Acredita-se que a espera feminina para engravidar, com aumento do número de ciclos por cada mulher. Desta foma ocorre maior deposição de células endometriais pela menstruação retrógrada e aumento da doença na população.

ScreenShot075

O que a mulher com endometriose sente?

Podem ser variados e ir além do trato genital e ciclo menstrual. Deve ser suspeitada em mulheres que apresentam ciclos menstruais dolorosos e incapacitantes. A dor pélvica pode tomar caráter crônico e persistente. Há tendência de ocorrer piora com o avançar da idade da mulher.

A reação inflamatória perto do trato urogenital pode causar:

  • Dor durante a relação sexual(dispareunia).
  • Dor durante a micção(disúria).
  • Dor durante a evacuação.

ScreenShot019

Quais exames são necessários na avaliação das mulheres com endometriose?

A confirmação diagnóstica é feita somente com biópsia dos focos endometrióticos e exame histopatológico, para confirmar que o tecido é compatível com o que reveste internamente a cavidade uterina. São conseguidos por via laparoscópica, uma cirurgia muitas vezes indisponível em sistemas públicos de saúde, fato este que retarda o diagnóstico.

A ultrassonografia pode auxiliar na busca de outros fatores associados a dor pélvica. A ressonância nuclear magnética também pode ser bem utilizada para identificar os focos de endometriose que estejam presentes na cavidade abdominal ou pélvica.

Como é feito o tratamento da endometriose?

Depende da presença de desejo gestacional e intensidade dos sintomas da paciente.

Inicialmente são usados contraceptivos hormonais para manter a paciente sem ciclos menstruais, de forma a manter o estímulo hormonal reduzido e constante, para causar atrofia do tecido ectópico. 

Em desejo de engravidar, devem ser avaliados a presença de aderências pélvicas que estejam obstruindo as tubas uterinas. Geralmente estas mulheres precisam de técnicas cirúrgicas e de reprodução assistida.

Caso a mulher engravide, a manutenção da produção hormonal de maneira mantida causa atrofia dos focos de endometriose e melhora dos sintomas após o parto.

ScreenShot017

Fontes:

FREITAS, F. et al. Rotinas em Ginecologia. 6ª Edição. ed. Porto Alegre: Artmed, v. Único, 2010.

Captura de Tela 2016-05-06 às 22.31.01

Liberei uma amostra do meu livro digital: “Tenho Síndrome dos Ovários Policísticos: E Agora?” Acesse o link abaixo e confira!
http://www.dremersonbatista.com/#!home/ipmp6

Screen Shot 03-27-16 at 08.29 PM

Caso você goste do conteúdo e queira saber como ter acesso ao conteúdo completo acesse:

http://www.dremersonbatista.com

CONHEÇA MEU PERFIL NO GOOGLE PLUS

https://plus.google.com/u/0/107467915066257179224/posts

2 comentários sobre “O que é endometriose?

  1. Pingback: Histerossalpingografia: Por que é tão importante? | Gravidez e Saúde da Mulher

  2. Pingback: Anticoncepcionais Orais em Uso Sem Pausas : Há Riscos? | Gravidez e Saúde da Mulher

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s