O que é gestação de alto risco?

A gestação não é uma doença mas deve ser tratada com atenção devido às alterações fisiológicas que podem precipitar o surgimento ou agravamento de doenças. Aquelas que apresentam maior propensão a desfecho desfavorável que a maioria são chamadas “gestações de alto risco”.

Afinal, o que é gestação de alto risco?

  • Gestação de Alto Risco é “aquela na qual a vida ou a saúde da mãe e/ou do feto e/ou do recém-nascido tem maiores chances de serem atingidas que as da média da população considerada”. (CALDEYRO-BARCIA, 1973).

Como é feita a classificação em alto risco?

Existem fatores relacionados à gestante ou à gravidez atual que podem classificar a gestação como de alto ou baixo risco. A cada consulta a gestante deve ser novamente avaliada, com o cuidado de buscar situações de risco que podem causar algum grau de dano à saúde da gestante e seu feto.

Esta avaliação torna-se é importante visto que, em gestações de baixo risco, o acompanhamento realizado com os mesmos recursos daquelas com maior risco de desfecho desfavorável, não melhora o prognóstico materno-fetal.

Nem sempre há necessidade de intervenções com alto uso de tecnologia, sendo necessário somente o aumento do número de consultas médicas por parte da paciente, além de medidas dietéticas e comportamentais.

ScreenShot011

Os fatores que podem classificar uma gestação como de alto risco dividem-se em:

Os profissionais que lidam com gestantes devem ter conhecimento destas situações e saber como fazer o encaminhamento correto da gestante para o pré-natal de alto risco.

O obstetra muitas vezes necessita de auxílio de outros profissionais como clínicos especializados em reumatologia, endocrinologia, hematologia, dentre outros, além de enfermeiros, nutricionistas e educadores físicos de forma a garantir assistência integral e multidisciplinar a esta gestante.

Com relação à via de parto, embora as indicações de cesárea estejam mais presentes neste grupo de pacientes é importante ressaltar que:

  • Gravidez de risco não e sinônimo de cesariana. Em muitas situações e possível a indução do parto visando o seu termino por via vaginal, ou mesmo aguardar o seu inicio espontâneo.” (Ministério da Saúde, 2010)

Por fim, é importante a orientação adequada da gestante pelo rótulo de “alto risco” que faz com que a mesma desenvolva maior estado de ansiedade em relação a sua gestação e se sinta diferente das outras. Explicar que a sua gravidez necessita de maior atenção por parte do atendimento de profissionais de saúde, de forma a garantir o melhor desfecho para a gestante e seu filho.

ScreenShot010

Fontes:

Gestação de alto risco: manual técnico / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção a Saúde, Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. – 5. ed. – Brasília : Editora do Ministério da Saúde, 2010.

Captura de Tela 2016-05-06 às 22.31.01

Liberei uma amostra do meu livro digital: “Tenho Síndrome dos Ovários Policísticos: E Agora?” Acesse o link abaixo e confira!
http://www.dremersonbatista.com/#!home/ipmp6

Screen Shot 03-27-16 at 08.29 PM

Caso você goste do conteúdo e queira saber como ter acesso ao conteúdo completo acesse:

http://www.dremersonbatista.com

CONHEÇA MEU PERFIL NO GOOGLE PLUS

https://plus.google.com/u/0/107467915066257179224/posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s