Anticoncepcionais Injetáveis Mensais

Os contraceptivos injetáveis são fórmulas hormonais de duração mais longa e que permitem o uso a cada 30 dias. São bastante seguras e mais cômodas, com redução do risco de esquecimento.

ScreenShot095

Como a injeção mensal funciona?

Possui fórmula semelhante às pílulas anticoncepcionais combinadas(ACO), com associação de estrógenos e progesterona. O estrógeno usado é o natural, e não o etinilestradiol como nos contraceptivos orais.

O mecanismo de ação é o bloqueio da ovulação, pela manutenção de estímulo hormonal constante com inibição do pico de LH. Também ocorre espessamento do muco cervical, reduzem a movimentação das trompas uterinas e a transformação endometrial para receber o óvulo fecundado.

O estrógeno liberado tem a função de estabilizar o crescimento do endométrio além de potencializar a função da progesterona.

Quais as vantagens dos contraceptivos injetáveis mensais?

Por conter estrógenos naturais possuem menor efeito sobre a pressão arterial, coagulação sanguínea, metabolismo das gorduras e atividade do fígado. A administração injetável também reduz a exposição do fígado aos hormônios(elimina a primeira passagem hepática).

Diminuem cólicas menstruais e previnem anemia ferropriva. Também reduz gravidez ectópica, câncer de endométrio, câncer de ovário, Doença inflamatória pélvica, doenças mamárias benignas e miomas uterinos.

Eficácia:

Se torna maior que a dos contraceptivos hormonais orais pelo fato de eliminar a chance de esquecimento e o chamado “uso típico” com atrasos de horário que permitem escape hormonal e uma possível ovulação.

Não há comprometimento da fertilidade feminina.

ScreenShot094

Quais os principais efeitos colaterais?

Causa alterações do padrão menstrual e ganho de peso, em menor intensidade que nas mulheres usuárias de injetáveis trimestrais.

Também pode aumentar a cefaleia, vertigem e sensibilidade mamária.

ScreenShot096

Fontes:

Manual de anticoncepção FEBRASGO. 2010.

WHO Medical Eligibility Criteria for Contraceptive Use, 4th ed, 2009. Disponível em: http://whqlibdoc.who.int/publications/2009/9789241563888_eng.pdf.

Captura de Tela 2016-05-06 às 22.31.01

Liberei uma amostra do meu livro digital: “Tenho Síndrome dos Ovários Policísticos: E Agora?” Acesse o link abaixo e confira!
http://www.dremersonbatista.com/#!home/ipmp6

Screen Shot 03-27-16 at 08.29 PM

Caso você goste do conteúdo e queira saber como ter acesso ao conteúdo completo acesse:

http://www.dremersonbatista.com

CONHEÇA MEU PERFIL NO GOOGLE PLUS

https://plus.google.com/u/0/107467915066257179224/posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s