Quais são os fatores de risco para o Câncer de Colo Uterino

O câncer de colo uterino é a 2ª neoplasia mais comum em mulheres, sendo atualmente a 4ª causa de morte por câncer em mulheres no Brasil. É uma doença totalmente curável desde que seja diagnosticada em fase precoce, pelo exame de prevenção.

ScreenShot069

Como o câncer de colo uterino se inicia?

A história natural deste tipo de câncer ocorre em uma paciente que tem exposição precoce ( <18 anos) ao vírus HPV e, a partir de então, se inicia uma série de transformações celulares que formarão a doença. Este vírus tem a capacidade de alterar a proteína celular p53, que é responsável pelo controle de crescimento celular desordenado. Está associado a 99% dos casos de câncer do colo uterino.

Podemos concluir então que o fator mais importante para o desenvolvimento do câncer de colo uterino é a infecção por HPV.

ScreenShot068

Os demais fatores de risco associados ao câncer de colo uterino são:

– Início precoce da vida sexual – antes dos 18 anos a maturidade epitelial e imunológica dos tecidos vaginais e uterinos não está completa. Na vigência de infecções, principalmente o HPV, ocorre agressão a um epitélio imaturo e maior susceptibilidade ao desenvolvimento futuro de câncer;

– Múltiplos parceiros – comportamento sexual de risco aumenta chance de infecções;

– Multiparidade – constante processo de cicatrização e internalização de material genético infeccioso nas células em multiplicação. Com incorporação do vírus HPV;

– Gravidez em mulher jovem – além da exposição do epitélio vaginal e uterino a infecções, ocorre também traumatismo fisiológico do parto normal;

Baixo nível socioeconômico e má-higiene – por menor grau de instrução e cuidados com a própria saúde além da dificuldade de aceso aos serviços de saúde, bem como a realização de consultas periódicas para prevenção. Soma-se neste grupo específico o início precoce de atividade sexual e gravidez, multiparidade e múltiplos parceiros;

Alimentação e nutrição inadequadas – deficiência de vitaminas reduz a imunidade genital e predispõe a infecções;

Tabagismo – causa baixa de imunidade sobretudo em relação ao IgA (anticorpo com função de proteger as mucosas). Após as campanhas anti-tabagistas percebeu-se que as que deixaram o cigarro tinha maior incidência das neoplasias.

ScreenShot070

Fontes:

Diretrizes brasileiras para o rastreamento do câncer do colo do útero / Instituto Nacional de Câncer. Coordenação Geral de Ações Estratégicas. Divisão de Apoio à Rede de Atenção Oncológica. – Rio de Janeiro: INCA, 2011.

Captura de Tela 2016-05-06 às 22.31.01

Liberei uma amostra do meu livro digital: “Tenho Síndrome dos Ovários Policísticos: E Agora?” Acesse o link abaixo e confira!
http://www.dremersonbatista.com/#!home/ipmp6

Screen Shot 03-27-16 at 08.29 PM

Caso você goste do conteúdo e queira saber como ter acesso ao conteúdo completo acesse:

http://www.dremersonbatista.com

CONHEÇA MEU PERFIL NO GOOGLE PLUS

https://plus.google.com/u/0/107467915066257179224/posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s